Triângulo Amoroso em Hogwarts – II

Capítulo II – O Conselho

Minerva entrou pela sala de aula que já estava apinhada de alunos e então começou a sua aula:

– Boa tarde a todos.

– Boa tarde – Responderam os alunos em coro.

– Hoje – continuou a professora – iremos aprender a transformar pequena estátuas de dragões e dragõezinhos de verdade. Peguem as varinhas, por favor.

Todos os alunos, obedietemente pegaram as varinhas e aguardaram as instruções da professora.

– Pois bem, alguém sabe qual é o nome do feitiço?

Uma mão rapidamente se ergueu no ar, era Hermione Granger. A professora fez um aceno de cabeça para que a aluna prosseguisse.

– Draconifors, professora. Essa é a forma verbal do feitiço.

– Muito bem, srtª Granger.  Agora – A professora estalou os dedos e imediatamente uma estátua de um pequeno dragão foi posta à mesa de cada aluno – vocês tem que concentrar-se e apontar a varinha para o dragão dizendo alta e claramente: Draconifors!

Os alunos fizeram o que a professora disse e, por mais incrível que parecesse todos os alunos conseguiram. Até a própria professora ficou surpresa com a agilidade com a qual eles tinham aprendido.

– Oh – A professora sorriu – eu havia planejado que ficássemos toda essa aula com… – Ela olhou para o relógio – Oh meu Deus! A aula já chegou ao fim… foi bastante rápido! Enfim, como atividade para a próxima aula quero dois rolos de pergaminhos sobre a Transfiguração Objetiva. Estão dispensados!

Os garotos e garotas saíram da sala, assim como a professora ; Ao sair da sala, Minerva encontrou Pomona Sprout, que também estava indo à sala dos professores. As duas puseram-se a caminhar juntas e a conversarem.

– Olá Pomona. – Disse Minerva – Tudo bem contigo, minha cara?

– Sim, sim. – Respondeu Pomona – Estou maravilhosamente bem. Novidades, Minerva?

McGonagall acenou negativamente com a cabeça, com uma expressão bastante triste. O que moveu Sprout a perguntar em um sussurro ao seu ouvido:

– Problemas com o Alvo, Minerva?

A professora fitou a colega incrédula com a pergunta, mas assentiu e disse:

– Eu não sei mais o que fazer, Pomona. Eu tento me aproximar dele, mas é muito complicado. Ele não trata de assuntos pessoais comigo, somente de acadêmicos. E ocorre totalmente o contrário com relação a Severo. Ele fala de tudo com ele, conversa de tudo, se abre com ele. Às vezes eu chego até a achar que o Alvo é apaixonado pelo Severo. – Minerva sorriu secamente.

– Ora, Minerva! Talvez você devesse se deixar envolver mais. Demonstrar os seus reais sentimentos, ao invés de portar-se como a Dama de Ferro. Talvez Dumbledore seja tímido demais. Ou então, é o que acontece com as pessoas muito inteligentes: Elas são sábias o suficiente para aconselhar aos outros, porém quando se trata de si mesmo, eles são tolos demais para admitir que o que ocorre é mesmo com ele.

As duas encararam-se por um instante e depois Minerva falou:

– Você tem razão, Pomona. Seguirei o seu conselho.

____________________________________________________________

– Alvo, eu não sei mais o que fazer para conquistar a Professora McGonagall. Eu sou apaixonado por ela há anos, mas ela nunca percebeu ou já percebeu e insiste em me ignorar. – Falou um Severo Snape desesperado.

– Ora, ora, meu caro Snape. Eu duvido muito que ela tenha percebido. Minerva é muito desatenciosa com relação às relações amorosas. Talvez você devesse dar uma chance para as pessoas que te querem e que estão ao seu lado. – Alvo aproximou-se mais de Severo.

– É, talvez você tenha razão… – O Professor Snape saiu tempestuoso do escritório do diretor, em direção aos seus próprios aposentos.

    • Marina
    • 25 fevereiro, 2011

    Adorei, haha :* mt bom msm.. =D

    • Cláudia Silva
    • 25 fevereiro, 2011

    eheheh, muito bom mesmo.
    Mas criar dragões numa aula? Não há uma lei que diz que é proibido criar dragões? E todos os alunos conseguirem isso é obra! Também acho que dois rolos de pregaminho para TPC é muito!
    Agora quanto ao triângulo, bem, nem sei o que diser, francamente, o severo??

    • Isso é uma Transfiguração. São PEQUENOS Dragões, que podem ser revertidos à pedra em qualquer momento.😀

        • Cláudia Silva
        • 25 fevereiro, 2011

        Ah, sendo assim…

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: