Nyx – A Senhora da Noite!

Nyx é a deusa das feiticeiras e das bruxas, dos segredos e mistérios da noite, da morte e da imortalidade (de certo modo).

Nyx é a filha caçula do Caos (O Deus Primordial e que veio a gerar todos os outros. Ou como é mais conhecido a Confusão Primordial). Antes de Nix vieram Gaia, a Mãe Terra. Tártaro, as Trevas Abismais. Eros, o Amor da Criação. E Érebo, as Trevas Primordiais.

A Senhora da Noite é a patrona das bruxas e feiticeiras, sendo que estas a cultuam por ela ser um Dama da Noite, conhecedora dos segredos noturnos, que dá fertilidade à terra para que esta produza ervas mágicas.

A Dona dos Segredos é e sempre foi bastante temida dentre deuses e mortais. Sim, meus caros leitores, dentre os deuses. Pois Nyx conhecia o segredo da imortalidade dos deuses, podendo concedê-la e tirá-la. Como aconteceu com Cronos, que, após derrotado teve a sua imortalidade sacada por Nyx.
Nyx se destaca também no aspecto de tirar a imortalidade porque os deuses sempre tiveram o poder de conde-lá, mas não de retirá-la.

A Senhora da Morte pode demonstrar uma face benéfica, tanto quanto malévola. A exemplo da benéfica temos a toma de Hélios como filho, quando os outros Titãs tentaram assassiná-lo. Então, a deusa o incorporou na Dança das Horas. E como malévola, tomamos o lançamento de maldições, pragas e castigos com terror noturno.

Nyx, assim como Hades, tem um capuz/elmo que a tornava invisível. Desse modo, pode acompanhar o curso do mundo sem ser percebida. Também tem o dom da profecia. Inclusive, foi Nyx quem criou a foice que Gaia presenteou a Cronos para que esse castrasse o pai, Urano.

A Senhora da Noite casou-se com seu irmão, Érebo. E com ele teve dois filhos: Éter, a Luz Celestial e Hemera, o dia. Todavia, também teve filhos por espontaneidade, ou seja, sozinha, sem a ajuda de um homem. Foram eles: Moros, o Destino; As Queres, Morte em Batalha; Os gêmeos Tânatos (Morte) e Hipnos (Sono); Oniro, a Legião dos Sonhos; Momos, Escárnio; Oizus, Miséria; As Hespérides, ninfas do pôr-do-sol e as guardadoras dos pomos de ouro; As Moiras, Deusas do Destino; Nêmesis, Vingaça e Retribuição; Apate, o Engano; Filotes, a Amizade; Geras, a Velhice; Éris, a Discórida; Limos, a Fome; Ftono, a Inveja; Ênop/Belona, a Deusa da Carnificina; Lissa, a Loucura e os gêmeos Caronte e Coronte, os Barqueiros do Inferno (posteriormente Caronte matou Coronte e restou apenas Caronte como barqueiro).

Enfim, Nyx nos tempos de hoje seria tida como uma boa parideira, porque né… A noite, o reino da deusa, anda cada dia mais perigosa, avassaladora e fascinante, portanto: TOMEMOS CUIDADO COM A NOITE!

  1. 29 agosto, 2011

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: