Triângulo Amoroso em Hogwarts – VIII

Epílogo: Alguns fatos que ocorreram no livro “O Enigma do Príncipe” ajudará no fechamento desta história. Exemplo: Draco Malfoy estar consertando o armário sumidouro para que os Comensais da Morte possam invadir Hogwarts, Severo Snape ter feito o Voto Perpétuo de proteger Draco e caso o protegido falhasse na missão o próprio tutor iria executar sua missão. Bem, vocês foram avisados, agora posso prosseguir. ____________________________________________________________

Capítulo VIII – A Explosão

Os dias arrastavam-se lentamente e o clima de tensão entre Minerva e Severo ainda era muito grande. O fato que ocorrera no Cabeça de Javali não fora esquecido por nenhum dos dois, muito menos por Alvo Dumbledore. Um clima de agonia, culpa e arrependimento pairava sobre Hogwarts. E apesar de tudo, Dumbledore ainda confiava em Snape e ele tinha de confiar, afinal, quem melhor do que Snape para compartilhar segredos?; Snape estava no gabinete do diretor e Alvo falava:

– Bom Severo, eu fui muito frio e te “tarei” muitas vezes, peço desculpas por isso. Eu te amo, mas você não me ama, paciência! Mas temos negócios… Com relação a aquele assunto, eu vou morrer de qualquer jeito e você terá de me matar!

– Mas Alvo… Eu já lhe disse que não quero fazer isso novamente…

– Mas você jurou proteger Potter! E além do mais, você poderá ser o senhor da Varinha das Varinhas, não é ótimo!? E ainda há o voto perpétuo que você fez… – Snape franziu a testa chocado. – Sim, eu sei disso também, Severo. Bom, então estamos entendidos. Agora, se me der licença… Eu tenho que chorar um pouco e tentar me alegrar.

Severo fez um breve aceno de cabeça e em seguida saiu, em direção aos aposentos de McGonagall. Severo chegou a porta, levantou a varinha e a mão e no mesmo instante a porta desapareceu; ele passou por ela; no instante seguinte a porta encontrava-se lá; Minerva estava nua e passava um creme e assustou-se com a abrupta chegada de Snape.

– Ora, Severo! Você me assustou.. – Desculpe, minha querida, mas é que tenho boas notícias… Hum, que delícia hein!?

Minerva deu um sorrisinho de canto e vestiu-se, em seguida sentou-se em uma cadeira e perguntou:

– Quais são as notícias?

– Bom, Alvo disse que estamos livres para ficar um com o outro.

– Sério!?

– Sim, Minnie… Estamos livres, enfim livres.

Os olhos da mulher emanaram um brilho, mas não era um brilho de felicidade, era de fúria.

– Que tal comemorar-mos isso, Minerva? – Severo foi tirando a blusa e jogando-se em cima de McGonagall.

– Depois meu amor, depois. – Minerva desvencilhou-se de Severo e pôs-se em frente a ele. – Bom, tenho uma aula para dar agora, se me der licença…

Minerva e Severo trocaram um rápido beijo. Em seguida, a professora dirigiu-se para a sala de aula, onde os alunos já a esperavam:

– Bem, classe, hoje eu quero que vocês copiem um texto. E no final da aula, pedirei a dois de vocês para que me diga o que entendeu. E na próxima aula, quero um seminário sobre o assunto. Entenderam? – As cabeças acenaram afirmativamente. – Ótimo. – A professora pegou a varinha, fez um aceno e começou a dizer o texto, que magicamente escrevia-se no quadro:

Animagos: Seres da Transfiguração.
Os Animagos são seres, muitas das vezes malignos, que conseguem se transfigurar sem utilizar nenhum dos métodos acima (em feitiço ou em poção). Eles desejam transformar-se no animal no qual são capazes e se concentram até que isso aconteça. Nos hospitais mais modernos há tratamentos que duram anos, mas que estabelecem o desaparecimento desse dom maligno.
A transfiguração utiliza muito os animais. Ela varia de mudar a cor do seu animal, até se transformar em um. A animagia, uma arte muito complexa que exige muito de seus aprendizes. Eles surgiram há muito tempo atrás, nas pirâmides do Egito em forma de  gatos. A animagia é uma transformação muito avançada que só alguns poucos bruxos conseguem fazer. Resumindo, os animagos são bruxos que se transformam em animais, mas sempre o mesmo. Para as aulas de Transfiguração é fundamental que os alunos possuam seus animais mágicos. Os alunos só poderão fazer os feitiços depois que o professor ensinar. Também devem ter muito cuidado com as transfigurações humanas, pois se não forem feitas da maneira correta, os resultados podem ser catastróficos. Praticar vastante os feitiços é um passo para a perfeição.

A professora encarou os alunos e selecionou Ronald Weasley, para que ele pudesse dizer o que entendeu do texto:

– Bem, professora, eu entendi que a transfiguração, quero dizer, animagia é uma magia avançada e que devemos ter muito cuidado com ela. E que devemos ter cuidado com alguns animagos.

– Muito bem, Weasley. Malfoy, pode nos dizer a sua opinião!?

– Posso sim, professora… Eu entendi que… – Mas Draco Malfoy foi cortado por uma enorme explosão que sacudiu toda a sala de aula. Todos os alunos correram para fora e se depararam com…

    • Gabriel Oliveira
    • 8 março, 2011

    Porque suspense? Awn, eu achando que Malfoy se estreparia, ele vem com suspense! Oh, ódio! Espero que ainda nesta semana saia o novo post [/sério

    • Cláudia Silva
    • 9 março, 2011

    Muito Bom! Esse suspense nofinal traz água no bico…. Mas parece que as suas personagens já apanharam o vício de entrar nos gabinetes sem bater á porta….

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: