Medeia, a fascinante cruel.

Muitas pessoas que gostam superficialmente ou até profundamente de Mitologia Grega julgam Medeia como uma bruxa terrível e miserável, mas não é bem assim que acontece. Medeia é, simplesmente, incompreendida. E na minha opinião, demonstra nada mais, nada menos que o comportamento que algumas mulheres loucas, desvairadas e recalcadas são capazes de demonstrar. Ou seja, somente mais uma faceta humana. Irei contar-lhes a história dela, quanto às conclusões… Bem, aí cada um com a sua!

Medeia é filha do Rei Eetes, da Cólquida, portanto é a princesa da Cólquida. Medeia tornou-se conhecida nas histórias quando Jasão partiu à Cólquida para tomar para si o Velocino de Ouro. Mas para entregar o Velocino o rei Eetes sempre propôs um desafio que era lavrar um campo com dois touros de bronze monstruosos e indomados que cuspiam fogo (obra de Hefesto) e semear os dentes de dragão de Cadmo. Como Medeia entra nisso? Simples, foi ela quem fez com que Jasão conseguisse o velo. Para isso ela orou a Hécate (de quem era sacerdotisa) para que fizesse um unguento que tornasse Jasão imune ao fogo, para destruir os touros. Ocorre que quando as sementes fosse semeadas brotaria uma horda de soldados esqueletos que matariam Jasão; Medeia mais uma vez interferiu e aconselhou o argonauta a jogar uma pedra para trás, os esqueletos iriam discutir sobre quem jogou a pedra e consequentemente matar-se.

Eetes não ficou nada feliz por ter o Velocino levado e tramou mais uma vez. Desta vez ele iria incendiar Argo, a embarcação dos argonautas e matar sua tripulação. Medeia mais uma vez interferiu; avisou aos argonautas sobre os planos do pai e dopou o dragão que guardava o velo para que Jasão pudesse pegá-lo. Assim foi feito, tudo saiu perfeitamente bem. Mas Medeia havia imposto um preço a tudo isso: Jasão deveria tomá-la como esposa e levá-la da Cólquida.

Jasão cumpriu o trato. Mas Medeia, esperta como sempre, sabia que Eetes iria persegui-la mais cedo ou mais tarde. Então, ela levou consigo seu irmão, Apsirto, e é aí que pela primeira vez ela mostra sua face malévola: Ela matou o irmão, matou não, ela o esquartejou e foi jogando suas partes pouco a pouco, pois sabia que o pai pararia para recolher os restos mortais do irmão e prestar-lhe as honrarias devidas. Mas ao fazer isso, Medeia despertou a ira de Zeus, que fez com que Argo falasse e dissesse que eles estavam impuros e que deveriam tornar-se puros novamente, e isso deveria ser feito na ilha de Circe, que era tia de Medeia. Mas Circe não permitiu que Jasão adentrasse seus domínios.

Na Tessália, diz-se que Medeia profetizou que o timoneiro de Argo (a embarcação dos Argonautas), governaria a Líbia. O que realmente aconteceu, porém na descendência dele, em Bato.

Em Creta, é Medeia quem mato Talo, o gigante de bronze, quase invulnerável que atormentava a ilha atirando pedras contra as naus para que estas não aportassem. Medeia então faz com que o gigante enlouqueça com devaneios, visões e alucinações sobre imortalidade. O gigante então, atinge o seu ponto fraco: uma veia, no fundo da perna. Assim, eles chegaram em paz à Creta.

Em Iolco, Jasão mostrou o Velocino ao tio, que ficou furiosíssimo e recusou-se a abandonar o poder. Medeia então valeu-se novamente de suas artes e tornou-se amiga das filhas de Pélias. Esta também prometeu que o tirano ficaria jovem novamente, para isso ele devia ser esquartejado e jogado dentro de um caldeirão com uma poção fervente, como prova da veracidade da teoria ela havia feito isso com o sogro e dado certo. Mas, como ela queria matar Pélias, logicamente a coisa não aconteceu novamente.

Os dois, depois do ocorrido, Jasão e Medeia fugiram para Corinto. À esta altura do campeonato, os dois já tinham filhos. Mas a felicidade dos dois durou pouco, já que o  rei Creonte conspirou para que Jasão deixasse Medeia e se casasse com sua filha, Creúsa. Quando convenceu Jasão, Creonte baniu Medeia do reino. Mas é claro que Medeia não deixaria isso passar em branco! Ela deu uns presentinhos à princesa: um vestido e jóias. Acontece que os presentes estavam literalmente envenenados, pois eles haviam sido embevecidos numa poção. Quando Creúsa vestiu-se com o presente sentiu-se tomada por um fogo misterioso que logo se espalhou para Creonte e posteriormente para todo o palácio.

Depois disso a feiticeira fugiu para Atenas, onde se casa com o Rei Egeu, pai de Perseu, e os dois tem um filho: Medo. Quando Teseu retorna ao pai, Medeia tenta envenená-lo, mas o Rei descobre que é o filho e impede o assassinato.

Após a tentativa frustrada Medeia retorna à Cólquida com o filho e descobrem que Eetes havia sido deposto pelo irmão, Perses. Medeia então mata o tio e Medo torna-se o novo rei. Quando Medo conquisto um grande território, este passou a chamar-se Média.

O que acharam da história da nossa feiticeira? Engraçada? Curiosa? Ela realmente pulou de galho em galho, literalmente, não? #AltosRisos

    • Luciano S.A
    • 1 abril, 2011

    Foi essa palavra do título q pensei lendo o texto todo…sobre ela:
    CRUEL!!!!!!!!
    Essa era uma mulher de coração frio….na verdade era o gelo em pessoa!!!
    Esquartejar irmão?!?matar o tio?!envenenamento???pragas???

    Ela nao é do tipo d guardar rancor….essa aí solta todo o mal pra fora msmo!!!
    E quem tivesse com ela..e nao fizesse do jeito dela….tá lascadoo!!!

  1. Realmente concordo com o Luciano.
    Esquartejar o irmão para o pai não a apanhar? Poças!

  2. poxa vou faser essa peça na escola acho essa cena uma barbaridade!!!!!!!!!!!!!!!/\_/\°

    • Boa sorte na peça, querida, que você possa interpretar a cena com maestria.😉

  3. esse texto me ajudou com meu trabalho de escola e fico muito feliz com isso

  1. 9 agosto, 2011

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: