Posts Tagged ‘ rock ’

Panic(!) at the Disco (1) – A Fever You Can’t Sweat Out

Agora é o momento que as coisas ficam mais difíceis, o momento de escrever sobre as bandas preferidas (é difícil por causa do ciúme). Nessas próximas semanas pretendo escrever sobre minhas bandas favoritas, e pra começar vou com a que sou fã a mais tempo : Panic at the disco.

panic-at-the-disco(Panic! at the disco na sua primeira formação [sdds eminhos])

OBS: Farei os posts dividido por épocas da banda, ou seja, dividirei em três posts, um por álbum lançado.

Formada em 2004, a banda tem a história parecida com a de muitas outras, amigos que tocavam resolvem formar uma banda e colocam as músicas no myspace, mas nem todas as bandas tem a sorte que eles tiveram. Pete Wentz baixista da (infelizmente falecida) banda Fall Out Boy se interessou pelo som e  colocou eles no mundo da música já com um grande reconhecimento (o que contatos não fazem né gente). Bom, e como vocês verão barracos sempre será uma coisa presente na banda, logo em 2006 Brent Wilson (o da esquerda na foto acima [já era apagadinho né?]) saiu da banda por brigas e a banda convidou Jon Walker pra entrar na vaga de baixista da banda, e no meio disso tudo foi lançado o primeiro álbum da banda : A Fever You Can’t Sweat Out.

Se você era vivo em 2006 e tinha MTV em casa COM CERTEZA você conhece o famosíssimo I Write Sins Not Tragedies, vulgo “clipe do casamento” (me matem pfvr) que foi o maior sucesso da banda, ganhou inúmeros prêmios por mil categorias diferentes e até hoje é conhecido! Mas vamos ao que interessa, as características da banda nesse primeiro disco.

Apesar da febre do estilo de roupas e cabelos eu não considerava a banda emo na época, porque as letras são loucas e não me emocionavam nem um pouco, defino a banda como um pop rock no AFYCSO. O álbum é bem diversificado, tem introdução e intervalo(tem até um pedacinho do “intervalo” no começo do clipe abaixo) e as músicas são EXTREMAMENTE viciantes, todas, todas mesmo! E tem uma pegada meio rock, meio eletrônica, meio subliminar, meio aterrorizante que conquista de um jeito único. Vale a pena ouvir o álbum inteiro pelo menos uma vez na vida, vai fazer ela mais feliz com certeza.

Apesar de ser espetácular o primeiro álbum é o que eu menos gosto da banda (“MENOS GOSTO” NÃO SIGNIFICA QUE EU NÃO GOSTO) mas é o preferido de muitos fãs. E foi um sucesso muito grande, e garantiu que a banda fizesse fama o suficiente para arriscar numa mudança COMPLETA depois de dois anos, e é o que veremos no próximo post! Abraço galerinha, e até semana que vem!

Anúncios

OK Go

Meio Rock, meio Indie, meio Pop, meio alternativo, e SUPER criativos! Hoje vamos curtir um pouco da banda OK Go!

Formada em 1998, a banda americana lançou seu primeiro álbum de estúdio em 2002, com o nome da própria banda, ele trouxe um resultado aceitável, mostrando uma pegada dançante e viciante, que agradou bastante, mas não fez tanto sucesso quanto deveria. Com apenas dois singles e pouca estadia nas paradas musicais, eles eram apenas uma “banda boa”, que não chamava muita atenção.

Em 2005 a banda mudou de formação (novo guitarrista) e foi lançado o álbum Oh No, e com esse disco a banda mostrou no que eles eram realmente bons, a criatividade! E com uma câmera e a ajuda da internet eles criaram seu espaço no mercado musical. O primeiro single do Oh No foi “A Million Ways”, que trás um videoclipe super simples e criativo, com os componentes da banda dançando no jardim.

E o segundo single COM CERTEZA você conhece, quem nunca viu o vídeo dos carinhas nas esteiras? passou no Fantástico! E depois disso, por conta da criatividade, OK Go se tornou uma banda boa de verdade. Em 2006 eles entraram em turnê com Panic at the Disco, e mostraram o potencial ao vivo que eles tem e assim eles me conquistaram :3

Na verdade estou escrevendo esse post para mostrar que o videoclipe é muito importante para o sucesso de uma banda, pra quem ta começando na música ver que é preciso prezar a criatividade para fazer a diferença também.

(amo/sou esse clipe gente).

Depois de conquistar o sucesso mundial devido a seus videoclipes na internet e na tv, a banda trocou de produtor e veio com um novo álbum. Entre 2009~2010 eles começaram a mostrar o lado musical muito mais potente, agora com um som muito mais refinado, explorando muito da nova tecnologia para fazer música digitalmente e mantendo a qualidade e criatividade dos videoclipes, chegou o álbum “The Influence of the Blue Ray of the Sunlight and of the Blue Color of the Sky” ou “Of the Blue Color of the Sky”.

No novo álbum parece que todas as músicas foram pensadas para cada videoclipe que receberam, a junção dos efeitos de sons e de vídeo formam uma junção incrível, vale a pena assistir todos os clipes milhões de vezes, reparando nos detalhes, nos erros, na forma como o ritmo e os elementos do clipe se juntam e fazem essas verdadeiras obras de arte!

(Esse é o clipe mais incrível que existe! MUITO impressionante como é todo ritmado e tão perfeito, imagina o trabalho que deu?)

A banda também faz muitos paralelos para filmes, documentários, trilhas sonoras e diversos tipos de criações patrocinadas.

(A partir daqui mudarei o formato do post, somente mostrando os videoclipes e comentando sobre eles.)

“End Love” é um dos meus clipes favoritos da banda, impressiona muito como o ritmo da música ficou impecável com o vídeo, que foi gravado em velocidade normal com a música executada super lenta para que eles acompanhassem a dublagem. Tem vários erros, mas são insignificantes comparado ao trabalho que deve ter dado, assistam várias vezes, procurem os detalhes e riam com o pato que segue eles boa parte do vídeo!

Gente esse é a coisa mais fofa! Quem curte cachorros é OBRIGATÓRIO assistir esse clipe, o dálmata é muito amor gente, quero ele pra mim *-*. Tá estampado na cara do Damian o trabalho que deu pra fazer esse clipe né?!

Procuram-se palavras para descrever a criatividade usada nesse clipe. INCRÍVEL. Só isso.

Depois de assistir isso você para e pensa: O que uma pessoa precisa pra viver depois de ter feito música com um carro e um videoclipe desses? E ainda com minha música preferida do CD *-*

Pra não alongar mais o post eu vou ficando por aqui, se inscrevam no canal do youtube deles para acompanhar as novidades e assistir os outros clipes, deem opiniões e dicas sobre o que vocês querem nos próximos posts (: , bye bye!

%d blogueiros gostam disto: