Archive for the ‘ Séries & Cinema ’ Category

Percy Jackson e o Mar de Monstros em 3D!

PJ3

Então, né galera!? Eu acho que uma “imagem” vale mais que mil palavras. O Larry Richman acabou de postar em seu twitter twitter, agora, mais essa novidade. Estou apenas super animado (espero não ser decepcionado), porque parece que desta vez, tudo irá correr super bem. Só aguardando e juntando dinheiro desde já. Afinal, o filme agora é 3D!

Anúncios

Primeira lição: Heróis não existem!

Sai trailer do filme Homem de Ferro 3!

O filme que tem sua estréia prevista para 3 de Maio de 2013 nos Estados Unidos em 26 de abril do mesmo ano no Brasil, tem seu primeiro trailer divulgado.

O elenco contará com:  Robert Downey Jr. como Tony Stark/Homem de Ferro, Don Cheadle como James Rhodes/Máquina de Combate, Gwyneth Paltrow como Pepper Potts, Andy Lau como “um amigo de Tony Stark na China”Ben Kingsley como O Mandarim, James Badge Dale como Eric Savin/Coldblood/Patriota de Ferro, Guy Pearce como Aldrich Killian, Rebecca Hall como “uma cientista à altura de Tony Stark chamada Maya Hansen”, Jon Favreau como Happy Hogan, Ashley Hamilton como Jack Taggert / Poder de Fogo, William Sadler como General, Cobie Smulders como Maria Hill, Wang Xueqi como Homem Radioativo.

A sinopse oficial ainda não foi divulgada, teremos que nos contentar com o trailer por enquanto:

 

1º dia – Semana de Lançamentos.

Oi gente, tudo bem?

Sei que não tenho postado aqui tem um tempinho, peço desculpas por isso, mas hoje tô aqui pra falar de séries e, o melhor, séries novas.
Bom, esse é o mês de estreias e novas temporadas então eu escolhi duas séries pra falar nesse post e continuarei falando de outras durante o restante da semana.

Eu, particularmente, estava ansiosa DEMAIS para assistir essa série e depois de assistir tenho que dizer que valeu a pena.

Arrow é uma série de televisão americana de drama e fantasia baseada na série de quadrinhos Arqueiro Verde. Estreou em 10 de Outubro de 2012 na emissora americana The CW. A série segue a vida do playboy Oliver Queen, que após 5 anos retorna de uma ilha deserta para combater o crime e a corrupção da cidade. Arrow também contará com participações de outros personagens da DC Comics.

Pelo que eu soube Arrow foi a série que a CW escolheu pra substituir “Smallville”, que fez um grande sucesso com suas várias versões e temporadas, mas que já tava com a audiência balançada. Enfim, a sinopse da série é:

Após um violento acidente de navio, o playboy milionário Oliver Queen desapareceu e foi dado como morto por cinco anos, até ser descoberto vivo em uma remota ilha no Pacífico. Quando volta para casa em Starling City, sua dedicada mãe, Moira, sua amada irmã Thea, e seu melhor amigo Tommy o dão as boas vindas ao seu lar, porém sentem que Oliver voltou mudado. Ao passo que Oliver esconde a verdade sobre o homem que se tornou, ele tenta desesperadamente consertar os erros que cometeu como o menino que era. Mas particularmente, ele busca reconciliação com sua ex-namorada, Laurel Lance.

Enquanto Oliver recupera suas conexões com aqueles que são mais próximos, ele secretamente se torna o Arqueiro – um vigilante – para corrigir os erros de sua família, lutar contra os crimes da sociedade, e devolver a Starling City à sua antiga glória. Durante o dia, Oliver é o galanteador saudável, despreocupado e negligente que costumava ser – flanqueado por seu leal chauffer/segurança, John Diggle – enquanto cuidadosamente esconde a identidade secreta que assume para cobrir a escuridão. No entanto o Detetive Quentin Lance, pai de Laurel, está determinado a prender o vigilante que opera em sua cidade. Ainda, a própria mãe de Oliver, Moira, sabe muito mais sobre o naufrágio mortal do que revela – e é mais implacável do que ele jamais pode imaginar.

Confesso que mesmo assistindo apenas dois episódios, eu ainda estou morrendo de curiosidade, o clima já começa carregado de mistério e eles não liberaram ainda tudo o que aconteceu na ilha, a ilha que mudou Ollie, então acho que todo mundo ainda tá meio curioso e ao mesmo tempo desconfiado. Estou muito ansiosa para os próximos capítulos, se vocês assistirem, comentem o que acharam para podermos discutir.

Ah, por enquanto ainda não sei se a história tá fiel ao quadrinho, quem souber, avisa haha

Outra série que estreou e eu também tava louca pra assistir, mas que eu ainda não sei se amei ou não foi:

Beauty and the Beast.

“Catherine Chandler é uma detetive inteligente e focada”. Na adolescência, a policial testemunhou o assassinato de sua mãe, vítima de dois homens armados. Ninguém acreditou nela, mas Catherine sabe que não foi um animal que atacou os assassinos, mas sim, um humano.

Anos depois, Catherine é uma mulher forte, confiante e capaz de resolver crimes juntamente a sua parceira de trabalho, Tess. Enquanto investigam uma morte, Catherine descobre uma pista que a leva ao doutor Vincent Keller, dado como morto durante a guerra do Afeganistão, em 2002.

Ela descobre que Keller foi quem a salvou no passado. Entretanto, Vincent esconde um segredo, algo que o fez ficar longe da sociedade por 10 anos: quando está com raiva, ele se torna uma fera assustadora, incapaz de controlar sua força e sentidos aguçados.

Catherine concorda em proteger seu segredo e identidade, pedindo que ele conte mais sobre o que aconteceu com sua mãe. “Agora, ambos fazem parte de uma relação complexa e perigosa.”

 O que eu amei até agora na série é que a Cat não é um estereótipo de protagonista, ela não é só mais uma mulher que fica esperando o príncipe vir e fazer com que tudo dê certo, ela é uma mulher determinada e corre atrás dos seus objetivos.

Cat é um pouco obcecada em descobrir tudo sobre a morte de sua mãe e quando ela encontra Vincent ela acaba se aproximando dele só por interesse e gratidão, é claro. Mesmo assim ele quer afastá-la, por ser perigoso demais para eles serem vistos juntos, na verdade, ninguém pode realmente saber que ele está vivo.

O mistério de como Vincent se tornou uma fera é comentado logo no segundo episódio, mas eu ainda espero e anseio por uma explicação mais complexa. O meu amor por esta série ainda não aflorou, mas aposto que quando os segredos começaram a se revelarem ela ficará muito mais interessante.

Ps: Não sei se foi só eu, mas, senti falta de uma fera mais primitiva, selvagem.

 

Bom, essas são as séries de hoje, aguardem as de amanhã. Espero que gostem.

Nova capa de “Dezesseis Luas” e mais!

Como praticamente todo livro que “vira” filme ganha uma nova capa, exibindo o elenco ou algo relacionado à própria adaptação cinematográfica, “Dezesseis Luas” não seria diferente. Eis a nova capa, com a qual o livro será relançado nos Estados Unidos. Ainda não se sabe se ele será relançando aqui, no Brasil, com essa capa. Provavelmente sim…

Aproveitando o embalo, assistam ao trailer de “Beautiful Creatures” legendado em português.

Novas cenas de “Dezesseis Luas”!

A MTV Americana divulgou ontem, em seu site, algumas novas cenas da adaptação de “Dezesseis Luas”, e pelas coisas que podem ser vistas, podemos ter uma grande noção e ver que a coisa tá ficando muito, muito boa. Os efeitos e locações estão espetaculares, os figurinos também. Salvo algumas coisas como alguns atores, tipo o que interpretará Ethan que eu ainda não gosto. Mas talvez a interpretação possa superar a falta de semelhança para com o personagem original. Outra coisa que eu amei foi Viola Davis interpretando Amma. Também podemos observar melhor os atores e um pouco de como eles estão atuando. Enfim, assistam. (Somente em inglês).

Trailer de “Dezesseis Luas”

É com muita euforia que eu venho contar pra vocês que acabou de sair o primeiro trailer de “Dezesseis Luas” o primeiro livro da série Beautiful Creatures, que eu estarei resenhando amanhã.

Eu achei o trailer muito, muito perfeito! Pelo menos no que concerne aos cenários e a alguns personagens, é tudo como eu imaginei! Não gostei muito dos atores principais, não ficaram condizentes com o que eu havia imaginado, mas nem tudo é perfeito. Um destaque especial para o Macon e a Mansão dos Ravenwood, que ficaram do jeitinho que eu pensei. Tanta coisa que coube perfeitamente… E eu tô tão, tão feliz…  Só um pequeno porém: O trailer está em inglês. Mas eu ainda acredito que uma boa imagem (ou várias, no caso) valem mais que mil palavras.

E uma coisa que eu achei perfeita, e que assentou maravilhosamente foi a música Seven Devils, de Florence + The Machine. A música em si já carrega uma energia toda especial e meio que “pesada”, incorporada à essa temática então… Vixe! Ficou fabuloso.

Também foi divulgado o primeiro poster. Não é o máximo?!

A Mulher de Preto.

Oi gente, tudo bem?

Eu escrevo a coluna semanal de filmes e série e queria saber qual é o gosto cinematográfico de vocês, o que vocês curtem de série também. Se possível deixem aqui nos comentários o que vocês já curtem e o que querem ver aqui no blog.

Bom, o filme de hoje é: A Mulher de Preto.

Acho que esse filme tinha muita expectativa de ser bom, principalmente pelos fãs de HP, por causa do Daniel Radcliffe e tal. O gênero do filme é “terror psicológico e drama” e o enredo que o filme traz é esse aqui:

Na Era eduardiana, o jovem advogado Arthur Kipps (Daniel Radcliffe) vive com seu filho de quatro anos de idade, Joseph (Misha Handley) e babá de seu filho (Jessica Raine). A esposa de Kipps Stella (Sophie Stuckey) morreu após o parto. Kipps é atribuído a lidar com a propriedade de Alice Drablow, dona de uma mansão inglesa conhecida como Eel Marsh House, onde vivia com seu marido, o filho Nathaniel, e sua irmã Jennet Humfrye (Liz White). Embora os moradores queiram que ele vá embora, Kipps faz amizade com Sam Daily (Ciarán Hinds), um rico fazendeiro e sua esposa Elisabeth (Janet McTeer).

Então, acontece o seguinte: Arthur está para ser demitido por não conseguir trabalhar direito desde a morte de sua esposa então o mandam para este caso, como uma punição e também como última chance de ficar no emprego. Ele tem que vender esta casa que parece estar amaldiçoada desde que Nathaniel, o filho da proprietária da mansão, morre afogado ao brincar. Todos os moradores da cidade acreditam na maldição e na “Mulher de Preto” que quando vista provoca o suicídio de uma criança.

Após ver “A Mulher de Preto” inúmeras vezes, Arthur com medo e zelando pelo seu filho, pede ajuda a Sam (um amigo que fez na cidade, o único) para que possa encontrar o corpo de Nathaniel e enterrar ao lado de sua mãe verdadeira. Ele acha que fazendo isso vai conseguir salvar o seu filho da maldição e bem, precisam assistir pra saber se ele consegue.

O filme é bom, não é o melhor filme de terror que eu já vi e tem muitos aspectos que podem ser melhorados. Mas é um filme com um enredo criativo e também instigante, espero que eles possam concertar os pontos negativos na sequência que eles anunciaram, que vai se chamar The Woman in Black: Angels of Death. 

Muitos dos meus amigos fãs de HP que viram o filme disseram que não gostaram do filme, mas acho que isso tem a ver com a relação que eles criaram com o personagem e o ator. Segue o trailer do filme e aguardo o comentário de vocês.

%d blogueiros gostam disto: